+ Uma lenda do pop em Lisboa!

28 de março de 2010

manic-street-preachers2

Festival português terá Manic Street Preachers!

.

.

.

 

.

artigo publicado por popmix
tags

+ Primeira dama na redação

26 de março de 2010

carla-bruni2Carla Bruni-Sarkozi, será  “jornalista” também.

 

 

 

 

artigo publicado por popmix
tags

+ Novo show

20 de março de 2010

paulweller

Paul Weller mostará seu novo disco no Royal Albert Hall em Londres. 

.

.

.

.

.

.

. 

artigo publicado por popmix
tags

+ A verdadeira história

blur-no-distance-left-to-run

Filme conta a trajetória do Blur, e mostra como o grupo ”salvou” o pop britânico.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

..

 

artigo publicado por popmix
tags

+ Parabéns para o grupo todo!

 

franz-ferdinand2

 

Com Alex Kapranos fazendo aniversário, Franz Ferdinand faz show incrível no Rio.

.

.Por Vitor Diniz

Com uma urgência que lembrou o Gang Of Four, com tanta inventividade que até remetia ao Talking Heads, e por uma elegância digna de quem ouviu todos os discos do The Jam, o Franz Ferdinand fez um show inquestionável no Rio de Janeiro.

O grupo, que quando subiu ao palco da Fundição Progresso já passava dos 15 minutos deste sábado, 20 de março, fez uma apresentação energética e vibrante para o excelente público, que, praticamente lotava a casa, localizada no bairro da Lapa.

Com “Bite Hard”, que está em Tonight, último disco do grupo, os escoceses abriram muito bem a noite. Logo na sequência, o local foi “incendiado” com a ótima pegada da banda, na sensacional “The Dark Of The Matinée”, que sucedeu a não menos empolgante “Do You Want To”, que também tirou para valer todos os pés do chão.

O grupo de Glasgow foi acertando aos poucos o som , e quando tocaram “No You Girls” já tinham deixado ele bem mais alto. Por sinal ficou claro, como as músicas de Tonight se desenrolam bem ao vivo. “Can’t Stop Feeling” foi outro bom exemplo disso!

A noite foi comandada genialmente pela dupla Alex Kapranos, guitarra e voz principal e pelo eficiente Nick McCarthy, guitarra, teclados e voz, que entregou que Kapranos fazia anivesário. É claro que ele ganhou um belo “happy birthday to you” da galera, após exibir e se enrolar a uma bandeira do Brasil.

“Vamos fazer barulho?”

“Vamos fazer barulho?” Depois de gritar esta frase em bom português, com muito sotaque escocês, Kapranos e sua trupe mandaram “Take Me Out”, maior hit da banda no Brasil, para delírio dos cariocas, que foram brindados com uma atuação de gala do grupo.

No bis, apenas o aniversariante voltou inicialmente ao palco, e cantou quase que à capela, dedilhando em sua guitarra, lentamente, a lindíssima “Walk Away”. Depois, acompanhado pela banda, fez dessa uma das melhores da noite.

A platéia, que no intervalo cantou bem alto “This Fire”, para mostrar à banda qual o número que mais queria no final do show, foi presenteada com uma longa versão da música, que está no primeiro disco do grupo.

Para fechar um grande show como esse, que teve até o grupo fazendo uma performance na percussão (um sambão para o Rio?), Kapranos e  McCarthy deram um mega mosh incrível e mergulharam com vontade na galera, dando muito trabalho à segurança para colocar novamente os dois no palco.

+ Para saber mais sobre os shows da banda no Brasil, clique aqui.

artigo publicado por popmix
tags