+ Envelheço na cidade!

14 de maio de 2010

oceancoloursceneimagen1Conheça a trajetória do Ocean Colour Scene, que acaba de lançar mais um grande disco

Por Vitor Diniz

O Ocean Colour Scene é um ”produto” tão tipicamente Made in UK, que não fez nem de longe, fora do Reino Unido, o mesmo barulho que causou em seus áureos tempos nas margens do Rio Tâmisa e arredores.

A banda dona de melodias sublimes e da melhor guitarra da Inglaterra, ”assinada” por Steve Cradock, merece ter sempre sua obra revisitada.

Depois de terem estreado em 1996 com um disco autointitulado, e que tinha ecos do dance-rock consagrado pelo Stone Roses,  o grupo moldou o seu som com rocks grudentos e baladas coesas, com bases principalmente calcadas no mod britânico e no classic rock, e partiu para um outro trabalho Moseley Shoals .

Com o segundo e inspiradíssimo disco, a carreira da banda explodiu em terras inglesas. O grupo ganhou fãs, como Noel Gallagher (que andou elogiando muito o então quarteto) e Paul Weller, sendo que com o ex-lider do The Jam, os caras do O.C.S tiveram grandes conexões artísticas. Steve Cradock, então, faz parte da banda de Weller até hoje.

Quando o grupo de Birmingham dava sinais de problemas, com mudanças em sua formação, e uma sequência de discos ”menos festejados”, veio o ótimo On The Leyline, de 2007, que trouxe o grupo de volta às grandes canções e à urgência ideal. Agora em Saturday, nono álbum do grupo, o resultado é impressionante, e este novo disco figura, com certeza, entre os melhores de uma das bandas mais finas da Inglaterra.

Se você é daqueles que ama a pegada de clássicos, como Small Faces por exemplo, o Ocean Colour Scene, que mostra saber envelhecer muito bem, pode ser a sua banda predileta. Ainda é tempo!

Além de Saturday, seu novo álbum, o Ocean Colour Scene conta com uma bela discografia, como um CD ao vivo na BBC, com discos registrados em shows e um  B-sides. Agora você poderá conferir um raio X dos discos de estúdio da banda britânica. Veja abaixo!

saturday

Saturday – 2009

4

Saturday é um típico disco do Ocean Colour Scene, e remete  a sua fase mais importante,  já que este novo disco está entre os melhores da banda. Para a alegria de quem se emociona com riffs marcantes de guitarra e com grudentas melodias, o grupo volta a acertar em cheio, e nos faz pensar na grande banda que arrancou tantos elogios entre 1996 e 1999.  A voz de Simon Fowler está muito boa e super em cima,  em sintonia total com a guitarra impecável de Steve Cradock.

Entre as músicas mais inspiradas estão ”Old Pair Of Jeans”, com uma levada de guitarra deliciosa, ”Saturday”, com seu sabor ”pop perfeito”, e ”100 Floors Of  Percepetion”,  que abre o disco, lembrando alguns clássicos do rock.

 DISCOGRAFIA

ocsOcean Colour Scene – 1992

Com este disco , o grupo debutou muito bem mesmo sem ter estourado.

A cover de ”Do Yourself a Favour”, de Stevie Wonder, é um primor e ajuda no saldo final deste álbum.

moseley-shoesMoseley Shoals – 1996

Clássico da década na Inglaterra, este trabalho traz os hinos ”The Day We Caught The Train” e ”The Riverboat Song”, entre outros grandes momentos. Trata-se de um disco maravilhoso!

marchin-alreadyMarchin’ Already – 1997

Em uma temporada dourada do Britpop, em que The Verve, Blur, Oasis e Radiohead lançaram discos fantásticos, o O.C.S não fez feio e com este discaço esteve entre os grandes da velha ilha.

one-from-the-modernOne From The Modern – 1999

”I Am The News” e, principalmente, “July”, garantem um lugar confortável para este albúm na discografia dos ingleses.

mechanical-wonderMechanical Wonder – 2001

O álbum se torna importante na obra da banda,  por conter ”Up On The Downside”, uma das melhores  músicas do Ocean Colour Scene, cujo clipe gravado no 100 Club, em Londres, também é impagável. Além disso, ”Give Me A Letter” , que traz um solo incrível de Cradock também esta entre as melhores.

north-atlantic-driftNorth Atlantic Drift – 2003

Se aqui não aparecem canções  tão marcantes quanto em seus antecessores, ao menos a ótima pegada de sempre da banda se manteve fiel e a faixa-título é um dos destaques. A versão em vinil , conta com seu LP transparente!

a-hyperactive-workout-for-the-flying-squadA Hyperactive Workout for the Flying Squad – 2005

Aqui  um dos grandes momentos é uma música chamada ”Free My Name”. Foi também neste álbum, que o grupo regravou ”Wah Wah”, de George Harrison.

on-the-leylineOn The Leyline – 2007

Grande disco com músicas magistrais como ”I Just Got Over You” e ”On The Leyline Waiting”. O Ocean Colour Scene reencontrou o rock perfeito.

artigo publicado por popmix
tags