Hoje na Barra!

4 de abril de 2015

The Bunker Band se apresenta no Rio e vocalista fala ao Popmix

Para aqueles que apreciam a cena indie em geral e o rock feito com influências do pop britânico de Oasis, Charlatans e The Verve, os cariocas da Bunker Band são uma ótima opção. Daniel Gomez, vocalista e guitarrista do grupo que toca hoje na Kult Kolector, no Rio de Janeiro, concedeu esta entrevista ao Popmix.

 

1-Quando e como o grupo surgiu?

Na verdade, tocamos desde 1999 juntos, mas a formação atual e com o nome atual vem desde 2011. Tivemos outros trabalhos com outros baixistas! Surgiu como uma banda cover. Inicialmente, cantávamos em inglês quando ninguém fazia isso por aqui e agora o que mais se vê são bandas cantando em inglês. Fomos um dos precursores dessa onda.

 

2-Em que prateleira você colocaria o disco da banda?

Difícil nos classificar com um gênero só, apesar das influências claras presentes no nosso som. Indie seria mais apropriado!

 

3-Como foi gravar o clipe de The End? Vocês venceram o prêmio da revista Rolling Stone, ainda estão “degustando” este feito?

Foi um dos pontos altos da nossa carreira, junto com o show no Jockey de SP, que era algo impensável para toda a banda. Estamos ainda colhendo os frutos que esse prêmio nos deu, e gravar o clipe foi sensacional, equipe maravilhosa, tivemos todo apoio da produtora e o resultado foi um dos melhores possíveis, somos muito gratos a todos. Que venham os próximos!

 

4-Fale sobre seu pai. Foi ele quem produziu a sua bela guitarra, estilo Noel Gallagher?

Sim, foi ele quem fez! Ele é o cara responsável por tudo isso que está acontecendo, porque sem ele não estaríamos tocando um instrumento e cantando! Ele foi o incentivador principal, foi quem nos mostrou músicas de qualidade e nos afastou do que a mídia sempre tentou impor ao povo e tenta até hoje. Nossos pedais, instrumentos e amplificadores de ensaio são todos feitos por ele. É um privilégio enorme poder contar com esse suporte.

 

5-E no show de hoje na Kult Kolector, alguma surpresa que possa contar agora?

Diria talvez que a surpresa maior seremos nós mesmos! Pela primeira vez, vamos tocar na Barra, é um público que ainda não atingimos, e com certeza será um show inesquecível, onde a galera vai poder conhecer nosso trabalho de perto e ao vivo, o que é melhor ainda!!!!

artigo publicado por popmix
tags