O Blur e seu novo álbum

17 de maio de 2015

Disco lembra anos 1990, mas é também conectado a 2015.

Quem não teve a oportunidade nos anos 1990 de curtir um novo disco do Blur por algum motivo, não deve mais lamentar tanto, pois surgiu uma nova grande chance de realizar este desejo de consumo indie. Agora é a hora! A banda de Damon Albarn, que se tornou icônica na Inglaterra, acaba de lançar o já aclamado The Magic Whip, primeiro álbum de inéditas , desde Think Tank de 2003. O grupo, que é um dos pilares da geração Britpop, ao lado de nomes como Oasis, Pulp, Supergrass, Suede e The Verve, entre outros , ficou anos separado, mas caprichou, e muito, nesta volta ao disco. Este é um álbum para lembrar o Blur dos velhos tempos, da fase de discos como Modern Life Is Rubbish (1993) ou Parklife (1994), por exemplo.

 

Difícil escolher a melhor faixa

 

Algumas músicas de The Magic Whip, álbum norteado pela relação da banda com  Hong Kong, trazem mesmo um certo gosto dos anos 1990, embora o intrépido Damon Albarn continue sendo um dos astros mais antenados da música pop e nos ofereça ao mesmo tempo uma banda plugada com o novo.  Outro nome de peso do rock inglês, o guitarrista Graham Coxon, também está muito bem neste lançamento e entrega, assim como Damon, que no Blur se sente em casa.

Difícil em The Magic Whip é apontar a melhor música. Se é a irresistível e cantarolável ‘’Ong Ong’’, a classuda ‘’Ghost Ship’’ ou a preferida de Liam Gallagher, ‘’Lonesome Steet’’, que abre o disco de forma brilhante.

artigo publicado por popmix
tags

Fundamental

7 de maio de 2015

Kid Vinil fala sobre sua biografia!
.
.
Um homem e sua bela trajetória dedicada à música. Kid Vinil -Um Herói do Brasil (Edições Ideal) é a biografia autorizada de Antonio Carlos Senefonte,  assinada por Ricardo Gozzi e Duca Belintani. O envolvente livro retrata muitas facetas do grande mestre Kid Vinil. Um dos maiores conhecedores de música deste planeta, Kid Vinil tem sua carreira passada a limpo, com as suas mais diversas funções sendo bem acionadas. Além de ter empolgado o Brasil com grudentos hits de seu Magazine, Kid nos apresentou muitas tendências da música pop  e também da moda ao longo dos anos. Sua cultura musical é encantadora e impressiona sempre! Em entrevista realizada por e-mail, o eterno Herói do Brasil fala sobre este badalado lançamento.
.

Popmix – O Kid cantor, o apresentador de TV, o radialista, o jornalista, o homem de gravadoras, qual deles, na sua opinião, vai cativar mais os leitores?
Kid Vinil – Existem tantas facetas no meu trabalho que se torna difícil saber qual delas encanta mais as pessoas que me seguem. Eu particularmente sempre me realizo fazendo o que gosto. Todas essas facetas tem muito da minha dedicação a música e pra mim isso o que mais importa.

Popmix – Algum capitulo do livro te emocionou de uma forma mais especial ?
Kid Vinil – O capitulo que fala da violeira Helena Meireles. Tivemos uma convivência quase que de mãe e filho, ela era uma pessoa adorável e toda vez que lembro dela me emociono.

Popmix – Existe algum outro projeto que você gostaria de fazer baseado no livro?
Kid Vinil – Sugeri para editora um livro que me inspirei no título de um livro de Jose Mindlin (o falecido e cultuado colecionador de livros e poesia) seria “Uma vida entre discos” contando sobre discos que marcaram minha vida e suas histórias. Agora falta sentar a bunda na cadeira e começar a escrever (risos).

Popmix – Qual disco seria a trilha sonora perfeita para acompanhar a biografia?
Kid Vinil – Talvez o álbum branco dos Beatles, que significa muito pra mim e soa como se fosse uma história, cada música soa como uma trilha.

Popmix – Qual seu disco favorito atualmente?
Kid Vinil – WAND – GOLEM

Popmix entrevista Kid Vinil em 2005

Kid Vinil lança compacto

DVD traz Kid Vinil ao vivo

Kid Vinil fala sobre o seu Almanaque do Rock

artigo publicado por popmix
tags