Cultura Inglesa Festival

22 de junho de 2015

 Evento em São Paulo teve Johnny Marr como grande estrela.
.
 .
       O Cultura Inglesa Festival, no Memorial da América Latina, reuniu neste domingo, em São Paulo, vários ingredientes bacanas que um evento pop precisa ter. Entrada franca, um  lindo dia, e depois, uma noite super agradável, e um local que é referência na capital paulista ajudaram o clima da festa  que teve um público ótimo e shows muito esperados.
      O The Strypes(foto), por exemplo, da Irlanda mostrou  porque é uma das grandes revelações do rock mundial. A garotada irlandesa, que já fez bonito até no programa de David Letterman, mandou seu rock and roll calcado no blues e lembrou   The Yardbirds e os Stones da fase Brian Jones. A faixa ”Blue Collar Jane” foi um dos grandes momentos da apresentação cheia de vigor dos Strypes.
       No início da tarde, as bandas Staff Only e Blue Drowse já haviam dado a largada. Gaby Amarantos depois homenageou as Divas inglesas e disse de forma simpática,  que tirou uma selfie com Johnny Marr. Então, o show mais esperado da programação ficou por conta dele, o lendário ex-companheiro de Morrissey no The Smiths! Cantando e tocando sua seminal guitarra, Marr fez um belo show, mesclando músicas de seus  discos solos, sendo que ”Easy Money” e ”Upstarts” chamaram mais a atenção,  com os clássicos da cultuada banda de Manchester, que todos queriam escutar. ”Panic” botou pilha na primeira parte do concerto, depois na fase final, entre outros hinos de seu ex-grupo. “There is a Light That Never Goes Out”, do histórico álbum The Queen is Dead, de 1986, foi a melhor, com o guitarrista colocando o público todo para cantar.
      Este domingo no Memorial valeu e muito!
artigo publicado por popmix
tags