O eterno cronista

10 de fevereiro de 2017

 

 

Ray Davies e seu novo álbumRay-Davies-Americana-Cover-980x982

Por Vitor Diniz

 

Um dos maiores compositores de todos os tempos está de volta ao disco. Ray Davies, o adorado vocalista dos Kinks, vai lançar seu novo álbum no dia 21 de abril . Desde 2008 sem colocar nenhum disco no mercado, o homem que escreveu algumas das mais emblemáticas canções do rock inglês e mundial, vai nos entregar de bandeja Americana, trabalho que conta com quinze faixas incluindo o single ”Poetry” . Nesse projeto o cantor conta com a parceria da ótima banda de Minneapolis Jayhawks e flerta curiosamente de certa forma com a cultura ianque.

Mas Ray Davies é considerado um exímio cronista do modo de vida britânico, e ao lado de seu irmão e guitarrista de mão-cheia Dave, formou nos anos 1960 uma espécie de dupla dos sonhos para seus fãs.

Se você estiver com muita vontade de ir à Inglaterra e não puder naquele determinado momento viajar até o UK, ouça um disco dos Kinks e você poderá levar em sua alma boa parte da compreensão bretã.

Na formação original do grupo londrino, que registrou alguns dos riffs mais importantes da cultura rock, em especial ” You Really Got Me ”, ainda figuravam o baterista Mick Avory e o baixista Pete Quaife que faleceu em 2010.

Edição histórica

MOJO-280-cover-Ray-Davies-595

E o mundo pop reverencia tanto a  elegante figura deste genial músico que até a obrigatória revista Mojo estampa Ray Davies em sua capa, e a influente publicação britânica traz ainda um cd tributo aos Kinks , com foco em  Something Else by The Kinks que faz cinquenta anos. O disco coloca o nosso competente e badalado Boogarins de Goiânia tocando ”No Return”.

Em um outro álbum dedicado ao grupo inglês e que data de 2002 , foi Bebel Gilberto quem mostrou ao planeta a sua versão para essa importante faixa que Ray escreveu norteado pela Bossa Nova. Agora entre outros aclamados  artistas o TV Segall aparece tocando a mitológica ”Waterloo Sunset” , neste recém-lançado disco da Mojo em que todas as faixas do clássico álbum Something Else by The Kinks, de 1967, são revisitadas , também entra como mimo extra, a irresistível versão de Gaz Coombers para ”This Time Tomorrow”. A música é linda de morrer e se trata de um dos tantos hinos da banda , sendo que a recriação feita pelo mentor do Supergrass foi usada astutamente na campanha publicitária da John Lewis. A tradicional lojona de departamentos inglesa fez uma propaganda, que a levada da música e as imagens escolhidas nos permitem fazer um passeio e tanto pelo Britsh Away Of Life. Não deixe de assistir ao video no canal da John Lewis, no Youtube.  Vale lembrar que bem antes os sensacionais The Jam e The Fall já demonstraram devoção total aos Kinks com marcantes versões para ”David Watts” e ”Victoria” respectivamente. As obras do grupo que insiste em não voltar, são sem dúvida um dos produtos de arte mais ligados ao imaginário britânico que o ser humano já viu, e não é à toa que Ray Davies é reverenciado por toda a geração do Britpop. Ecos da influêcia dos Kinks pipocam bonito em discos de nomes como Blur, Pulp e Divine Comedy, sem falar no som do Oasis que, assim como os Kinks, contava como protagonistas com dois irmãos que não se davam tão bem em seus respectivos grupos quanto seus fãs gostariam, digamos.

Autor de hits também do padrão de  ”Dedicated Follower Of Fashion” e ”Lola”, entre outras pérolas, Ray Davies, de 72 anos, parece seguir inspirado e a música já mencionada ”Poetry” é uma das grandes faixas  lançadas em 2017. A melodia redonda e cativante da música que é o primeiro single de Americana nos dá uma pista do quanto esse álbum promete. Além do novo disco, Ray Davies ainda sente os efeitos do festejado musical Sunny Afternoon que é baseado no universo dos Kinks .

 

artigo publicado por popmix
tags