Liam Gallagher e seu belo disco!

25 de outubro de 2017

Debutando em carreira solo, ex-vocalista do Oasis lança ótimo álbum de rock

liam_gallagher_as_you_were (2)

 

“As You Were” que marca a estreia de Liam Gallagher como artista solo é brilhante e consegue superar até mesmo o inspiradíssimo primeiro registro de seu irmão Noel Gallagher, que ocorreu com o álbum Noel Gallagher’s High Flying Birds, e que data de 2011.
Noel, por sua vez, vai colocar no mercado seu terceiro disco no final de novembro, mas Liam, que está no topo das paradas este ano, chegou a lançar dois discos muito bons com o Beady Eye, em 2011(Differente Gear, Still Speeding) e em 2013 ( Be) . Infelizmente, como a banda de certa forma não decolou, estes álbuns que não superam com certeza As You Were, não foram acionados como mereciam.
Já “estouradaço” em vendas com todos os méritos, “As You Were” reforça o pensamento de que o astuto ex-vocalista do Oasis é um dos grandes cantores de rock do planeta.
Com seu vocal intenso, Liam sempre nos permite fazer certos ”percursos” pelas ruas e pubs do Reino Unido, mesmo que não esteja necessariamente cantando sobre temas assim. Afinal, a voz dele ficou conhecida nos anos 1990, como um dos símbolos da era Britpop.
No clipe de ”Chinatown”, uma das grandes baladas deste álbum, por exemplo, Liam aparece dando um giro por Londres. ”Wall of Glass”, que abre o disco, é impactante, cheira muito bem a blues e contém todo o vigor que uma faixa de rock merece. Seu compacto lançado antes do disco cheio, já mostrava a força da música em vinil, formato aliás que “As You Were” está também arrebentando nas lojas do UK. O disco chegou fácil ao primeiro lugar das paradas.
Uma edição de luxo, com o LP branco e vários outros ítens, é o ”Têm Que Ter” da vez entre os colecionadores e fãs do gênero. Nas baladas como as sedutoras “Peper Crown”, ”For What It’s Worth”, ”Universal Gleam” e a própria ”Chinatown”, Liam oferece aos ouvintes lindas melodias.

Rock&Roll Star

O Gallagher mais novo também acerta em cheio em rocks poderosos e empolgantes que entregam uma boa veia punk e também soul. Faixas que te darão vontade de aumentar o volume e que olham para clássicos dos anos 1960 e 1970 sem deixar de soarem atuais. São os casos das irresistíveis ”Come Back To Me”, ”You Better Run” e, especialmente, de ”Greedy Soul”. Liam já havia mostrado que os backing vocals femininos funcionam muito bem em seu trabalho com ” Bring The Light” , lançada em 2011 pelo Beady Eye.
Como Paul Weller fez também em sua estreia solo, Liam aposta numa foto de capa com seu rosto em destaque no melhor estilo John Lennon ou Paul McCartney, em McCartney 2, talvez. Algo que reforça a idéia de artista individual. E se a voz do irmão de Noel sempre lembrou a de Lennon, em “As You Were” esta semelhança parece ainda maior. E sobre a capa em questão, a autoria é de Hedi Slimane, badalado fotógrafo e estilista francês. A parceria de Liam com o produtor Greg Kurstin parece também fundamental para “As You Were” já ter se tornado um projeto tão vitorioso. Com uma banda muito competente a seu lado, o sempre estiloso Liam ”Pretty Green” Gallagher está fazendo grandes shows pelo mundo e no Brasil irá se apresentar em São Paulo, em março, no Lollapalooza. Sorte a nossa!

artigo publicado por popmix
tags