Sempre relevante, sempre Paul Weller

10 de dezembro de 2018

Mais um álbum certeiro! O Modfather e a sua importância histórica!

 

Paul Weller deixa evidente com seu recém lançado álbum True Meanings, porque é de longe um dos caras mais respeitados de todo o rolê do rock inglês . O genial cantor e compositor de sessenta anos é, inegavelmente um dos músicos mais talentosos de todos os tempos. O novo disco é mais uma demonstração  do quanto ele sabe sempre nos apresentar álbuns relevantes e sempre parecendo ser uma espécie de  máquina de trabalhar! Para comprovar isso, basta dar uma analisada na sensacional discografia do homem que escreveu hinos como ”Town Called Malice”, ”Sunflower” e ”English Rose”. Esta, lançada em 1978 pelo The Jam, fica muito bem ao lado das faixas deste novo trabalho. True Meanings é o décimo terceiro disco solo do Modfather-como ele também é chamado-que em 1977 , já lançava o fundamental In The City com o Jam ao lado do baixista Bruce Foxton e do baterista Rick Buckler. A obra do The Jam é algo tão sério  que em 2015, uma exposição foi montada no famoso Somerset House em Londres, mostrando a grandeza do trio.(Popmix conferiu de perto. Leia matéria sobre o evento e assista ao vídeo com caixa Fire&Skill  nos links abaixo)

True Meanings, é um discaço , lindo, despretensioso  e cheio de faixas calminhas e ótimas para tirar qualquer um da correria dos dias turbulentos .”Gravity” , com arranjos delicados é uma das mais inspiradas músicas lançadas em 2018.  Mas é bom lembrar que Paul Weller, apesar da essência  roqueira e mod, jamais deixou de registrar grandes baladas em todos os seus discos. Estamos falando de um hit-maker nato , que colocou na história pérolas da grandeza de  ”Broken Stones” e ” You Do Something To Me”, apenas para citar duas que transbordam  a sua facilidade para criar melodias perfeitas. Ambas as peças estão no clássico álbum Stanley Road de 1995. Você pode estar também se lembrando da envolvente e açucarada  ”You’re The Best Thing”. Sucesso total com o  incrível The Style Council em 1984, a música  rola até hoje em algumas FMs do Brasil e de todo o planeta. ”You’re The Best Thing” , está no fundamental disco Café Bleu que conta com a divina capa que apresenta Weller e seu parceiro Mick Talbot em grande estilo. E por falar em elegância e capas de discos,  o tempo parece mesmo não passar  para  este dândi inglês e,  nesse novo álbum Paul Weller assim como fez em Café Bleu e em tantos trabalhos nos entrega  na arte de sua capa algo como um manual da moda britânica. Claro que o vinil duplo é a forma mais indicada de se apreciar um disco tão luxuoso e que nos confere um rica experiência tanto sonora quanto do ponto de vista estético.

Arranjos Sofisticados

E como convidado especial para atuar na faixa de abertura de True Meanings, que foi lançado pela Parlophone, temos Rod Argent, referência com seu lendário grupo The Zombies . Com seu órgão mágico Argent acrescenta uma graça extra a maravilhosa ”The Soul Searchers”.
Paul Weller gosta de tocar violão, e em seus shows sempre curtiu  fazer um set acústico com sua bandaça (Leia matéria nos links abaixo sobre os shows de Paul Weller que o Popmix acompanhou) e desta vez nos premiou com um disco que, para muitos é conceitual  e que conta com uma pegada  tipo de um unplugged , meio folk . Em A Kind Revolution de 2017, o músico sempre atual e conectado  ás tendências, havia como em outros projetos, experimentado com sucesso passeios arriscados  por diversas vertentes da música , mas agora nos faz lembrar de seu disco Days  Of  Speed que corresponde ao seu acústico lançado em 2001. Impecável do começo ao fim! Ouça este álbum urgentemente. O mesmo podemos dizer sobre True Meanings , magistral também e cheio de belos momentos como a finíssima  ”What Would He Say”, com seus metais precisos que ajudam a fazer dela uma das grandes faixas já escritas por Weller. A admiração por bandas como o Cow mostra o quanto Paul é apreciador mesmo da arte de se tocar violão . O modfather convidou os músicos do Cow para abrirem seus shows em 2012 no Roundhouse em Londres.  ”Aspects”, ” Books” ( com a cantora Lucy Rose) e é claro ”Bowie”,  são outras lindas músicas que podem tornar o seu dia bem melhor. Escutar Paul Weller é estar de bem com a música é estar de bem com a arte.

 

 

Leia matéria sobre a Exposição do The Jam

Paul Weller em Londres ao vivo

artigo publicado por popmix
tags