vídeos

Amarelo Manga

4 de março de 2017

Banda carioca lança disco e fala sobre seu trabalho.Ouça!

thumbnail_ghfdg

Por Vitor Diniz

Foto – Antonio Ordunha

Nuca é o empolgante álbum de estreia do grupo carioca Amarelo Manga lançado pela Deckdisc. Para saber detalhes sobre o disco que conta com nove músicas, batemos um papo com Julio Santa Cecilia (Guitarra e Voz) e Rafael Frejat (Guitarra e Voz) em uma tarde ensolarada no Rio de Janeiro. Ouça a entrevista gravada em um café no Leblon com a dupla.

www.facebook.com/amarelomangabanda

Leia mais sobre o Amarelo Manga no UOL.

artigo publicado por popmix
tags

Novo clipe

13 de janeiro de 2017

O grupo carioca The Highjack lança o vídeo de ”So Long”
 .
bernardo highjack
 Foto – Thiago Ribas
 .
Depois de lançarem o clipe da música “Seventies”, o  The Highjack  acaba de colocar no mercado mais um ótimo vídeo. Desta vez a faixa escolhida foi ”So Long”. O novo clipe traz  a participação da atriz Natasha Pugliesi e conta com a produção de Leopoldo Coimbra Bueno e Rodrigo Ocampo e ainda tem Erick Fischer assinando a direção e efeitos especiais. O trabalho foi editado e captado pela Jaé Filmes. ”So Long” é uma das dez músicas que fazem parte de Express, primeiro disco deste competente quarteto carioca.  No canal oficial da banda no Youtube é possível ainda ver o Highjack tocando com Marcelo Gross(Cachorro Grande) uma versão  especial da clássica ”Jumpin’ Jack Flask” dos Rolling Stones.

 .
artigo publicado por popmix
tags

Seventies

26 de setembro de 2016

Assista ao clipe  de Seventies do  Highjack
highjack-single

Está chegando a hora e o disco Express, que marca a estreia do grupo carioca  Highjack em termos de álbuns, vai chegar ao mercado no  dia 4 de outubro. O quarteto,  que falou ao Popmix em junho deste ano (ouça a entrevista no link relacionado), lançou o clipe da faixa Seventies, gravado no Rio de Janeiro.

The Highjack falou ao Popmix.Ouça!

artigo publicado por popmix
tags

Acervo Pop

29 de agosto de 2016

Vídeo mostra trechos do Popmix entre 2002 e 2005

leela-popmix-piloto

 

Recentemente, atráves do jornalista Daniel Cheles, a página da TV Zoom no Facebook publicou este vídeo, que traz alguns momentos do Popmix entre 2002 e 2005. O Popmix pretende seguir revisitando a sua trajetória, que contou ainda com vários programas produzidos junto à TV Millenium de São Paulo, além de todo o material registrado é claro pela TV Zoom de Nova Friburgo, desde seu  surgimento em novembro 2002. Entre os profissionais que fizeram o Popmix avançar diretamente estão nomes como Rodrigo Panaro, Daniel Dias e Fernanda Slama.

artigo publicado por popmix
tags

Disco Vermelho

24 de julho de 2016

Ocean Colour Scene relança álbum fundamental

Ocean_Colour_Scene_Moseley_Shoals-500x500

Lançado em 1996, Moseley Shoals é um dos discos mais inspirados daquela década, que tanto ficou simbolizada pelo Britpop. O álbum, que agora acaba de ganhar uma edição comemorativa de 20 anos, é o segundo da pomposa banda Ocean Colour Scene. Formado em 1989,  na cidade inglesa de Birmingham, o grupo do super-guitarrista Steve Cradock  não fez tanto sucesso quando debutou em 1992, com um álbum que levava o nome da banda. Uma pena, pois trata-se de um ótimo trabalho, com direito a uma instigante cover de ”Do Yourself a Favor”, de Stevie Wonder. Mas, corrigindo qualquer injustiça, Moseley Shoals chegou às lojas do Reino Unido em 1996, para colocar, com toda a sua  força , seus autores em um respeitável patamar. Mais convidativo que seu antecessor, Moseley Shoals teve como facilitador mercadológico o então boom do rock inglês, que se encontrava a mil, com o estouro do Britpop, capitaneado por Oasis, Blur, Pulp, Verve e etc. Nesta edição, lançada no Record Store Day, o álbum duplo traz as duas bolachas vermelhas (assista ao vídeo abaixo que produzimos com a TV Zoom), e com um som que, por sinal, está maravilhoso. As guitarras de Cradock fazem a diferença e são marcantes nos riffs de ”Riverboat Song”, que abre, de forma roqueira e apoteótica, o álbum. A voz de Simon Fowler faz a bela condução por um dos passeios mais doces do indie/pop em ”The Day We Caught The Train” , a segunda faixa. Já a grudenta ”The Circle” fecha bem o Lado A do primeiro dos quatro lados vermelhos e seu clipe, com estilo mod, merece ser também apreciado. Lembremos que entre os vídeos da banda nada se compara ao clipe de ”Up on the Downside”. A música, que está em Mechanical Wonder, de 2001, por sua vez, é uma das melhores faixas que o Ocean Colour Scene já gravou.

 

Sonoridade marcante

Mas, voltando à Moseley Shoals, encontramos nele todos os sabores que um clássico deve conter e ”It´s My Shadow”, com a guitarra de Cradock mostrando que nasceu para a voz de Fowler é outro bom motivo para reiterar esta tese. Além do guitarrista e do vocalista, também marcaram muito a sonoridade do Ocean Colour Scene, outros dois músicos de mãos cheias: o baterista Oscar Harrison e o baixista Damon Minchella. Atualmente o grupo está em digressão, justamente com um espetáculo que celebra os vinte anos de Moseley Shoals e, até o final de 2016, vai se apresentar em várias cidades britânicas.

Em 2011, uma edição de luxo do disco foi lançada em cd com três peças, com B-sides e outros takes. Mas o prazer de escutar esta nova edição dupla com seus lindos vinis vermelhos que charmosamente estão ”recheados” com a esperta logo (uma das grandes sacadas do O.C.S é a graça de sua bela marca!) da banda, pode ser bem maior. Com as vendas altamente expressivas deste disco na época, estes ingleses, que lembram  Small Faces e Traffic, se tornaram uma das grandes bandas do rock inglês.

.

+ Confira a discografia comentada do Ocean Colour Scene

artigo publicado por popmix
tags