A Hora do Pulp

26 de novembro de 2012

Por Vitor Diniz

O Pulp toca em São Paulo nesta quarta-feira, na primeira visita que a tradicional banda inglesa fará ao Brasil. Em show único no país, a ser realizado na Via Funchal, o grupo de Jarvis Cocker tem tudo para promover uma comoção indie. Desde que escutei o álbum ”Diferent Class” nos anos 1990, me apaixonei pelo Pulp e até hoje nunca conferi a banda ao vivo.

         Lembremos que Jarvis & Cia ficaram dez anos separados e viraram lenda ”Made in UK”, ao lado de Suede, Elastica, e, principalmente, Oasis e Blur na galeria do Britpop. Em março deste ano, estava em Londres  e,  numa tarde na região da  Carnaby Street, como entrega a foto, tive a sorte de topar com um amável Jarvis, que, sem hesitar e com um jeitão de ”futuro Sir”, engatou numa conversa tranquila comigo. Contei sobre o quanto o Pulp é querido pelos indies brasileiros e perguntei sobre a nossa música. Sincero, ele dizia não conhecer a MPB. Mandei então  um sonoro ”Mutantes??”, e ele, de prima, disse: ” Ah sim! Mutantes, já escutei na rádio”.
         Além de ”Angela”, que está em seu segundo grito solo, lançado pela Rough Trade, confessei que ” Disco 2000” era uma das minhas favoritas entre os petardos do Pulp. Música cujo clipe acho quase tão emblemático do Britsh Way Of Life, quanto uma letra de Ray Davies, dos Kinks.
         Agora falta pouco para ver Jarvis novamente! E quem pode imaginar a reação dos fãs em São Paulo quando ele cantar,  não só a própria ”Disco 2000”, mas também ”Common People” e  ”Do you Remember The First Time?”, por exemplo?

 

artigo publicado por Redação
tags news1 pulp

A vez do Palma Violets

4 de novembro de 2012

.Por Vitor Diniz

        Atualmente é impossível falar em rock inglês e não mencionar o nome Palma Violets. O grupo formado por uma moçada londrina é assunto não só em pubs e no underground, como em jantares dos Jet Setters. Já da até para imaginar Kate Moss em um futuro clipe da banda. Isso seria como somar dois mais dois, para quem traz toda uma carga de um típico hype britânico.

O Palma Violets ganhou a capa e seis páginas do NME, com direito a uma espécie de raio X de cada um dos garotos no famoso jornal inglês. O som deles é direto e certeiro e pode pegar de primeira aqueles que vibraram com os primeiros passos dos Libertines, por exemplo.

O compacto de ”Best of Friends” e um contrato com a Rough Trade são um bom indicador do potencial da banda. Se eles serão o novo Arctic Monkeys ou algo assim, só o tempo e seu disco de estreia irão dizer. Mas ainda como trunfo e como um brit-sinal de qualidade, o clipe de ”Last of the Summer Wine” é encantador para quem delira com tudo que a boa e velha tradição do rock inglês pode oferecer!

O Kasabian vem aí

28 de agosto de 2012

Por Vitor Diniz

Uma das mais importantes bandas do rock inglês voltará a tocar no Brasil. O Kasabian, que se apresentou por aqui em 2007, repete a parceria com o Festival Planeta Terra, no qual foi uma das atrações em sua primeira e única visita ao país. Novamente na programação do festival paulistano, o grupo de Leicester desta vez ”traz na mala”, o consagrado disco Velociraptor! de 2011, o quarto de sua trajetória e que conta com músicas como ”Goodbye Kiss’ e ”Days Are Forgotten”.
O Kasabian faz um indie rock ”classudo”, com pitadas de eletrônica, e coloca em seu som algumas das melhores referências que o rock britânico produziu nas últimas décadas, como Stone Roses e Primal Scream.

O grupo do vocalista Tom Meighan e do guitarrista Sergio Pizzorno ficou ainda mais famoso por conta da inclusão da música ”Fire” na abertura oficial dos jogos do campeonato inglês de futebol.

O Planeta Terra acontecerá no dia 20 de outubro, no Jockey Club de São Paulo e terá também o Suede, outro gigante da cultura pop britânica entre suas alternativas da cena pop.

Pouco conhecido no Brasil, Kasabian encantou seus fãs em ótimo show

Norah Jones ao vivo

13 de agosto de 2012

Ingressos para shows da cantora começam a ser vendidos esta semana.

 .

.

.

.

.

.

 

artigo publicado por popmix
tags ingressos news1 Norah Jones

Té mais, Celso…

7 de agosto de 2012

Um difícil adeus a um dos maiores guitar hero do mundo.

.

.

.

.

.